quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Você conhece o futebol do seu estado? Rio Grande do Sul

Como já começamos há um tempo atrás a falar de futebol neste espaço, veio a pergunta, será que todos conhecem os clubes de suas cidades? Será que os moradores conhecem os clubes do seu estado? Hoje vamos trazer os clubes do Rio Grande do Sul, além daquela conhecidos que já figuram nas principais séries e nas finais do estadual.

Vamos mostrar primeiro os de Caxias do Sul por ser a cidade que resido e depois de Porto Alegre por ser a capital. Ao lado o código B seguido do número significa a série no nacional e o E a série no estadual em 2020, a letra F é nas categorias femininas. Os critérios utilizados são os que figuraram nas séries profissionais A, B e C do campeonato estadual masculino e feminino da FGF , nos campeonatos de base considerados amadores femininos e masculinos da FGF. Não foram considerados clubes que jogam os campeonatos amadores das cidades.

Confira a lista abaixo:

sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Semana Farroupilha 2020 - O que dizer?

 Buenas a todos que nos acompanham, como devem saber nosso blog começou focado somente na cultura gaúcha e depois fomos expandindo nossos horizontes para outros regionais, e baseado nisso não podemos deixar de trazer aqui a semana farroupilha, já está acabando o período da data máxima do gaúcho e a pandemia afetou todos em cheio, não vemos a movimentação da gauchada pilchada na rua, não sentimos o cheiro do churrasco ao passar pelas concentrações dos festejos, faltam os cavalos na rua e as programações de bailantas. Hoje as entidades focaram em lives e estão transmitindo os shows pela internet, inclusive o MTG organizou um estúdio para essa era virtual com uma vasta programação que inclusive pode ser retransmitida. Ela é transmitida nos canais no Youtube do MTG e da FCG e na página do MTG no Facebook e compartilhado nas plataformas da Prefeitura Municipal de Porto Alegre. A programação para os dias que restam você vê abaixo nos links.

A 25ª RT (região tradicionalista) também está fazendo sua festa virtual com a transmissão de shows wm sua sede aqui em Caxias do Sul. Confira no facebook da entidade maiores informações.

Há também a febre do momento, o drive in, que várias entidades se movimentaram e trouxeram os artistas de nossa terra para abrilhantar a internet com nossa cultura.

Hoje não sabemos o que mais será afetado, o que sabemos é que os rumos não foram os ideais e chegamos nesse ponto, e daqui para a frente temos que repensar nossa forma de viver e lidar com os imprevistos e acima de tudo valorizar o que é de nossa região. Como estamos isolados e viagens longas não são aconselháveis, vamos conhecer as belezas da região, se tu não gosta muito da sua cultura local, seja ela gaúcha, nordestina, sertaneja, observe de outra maneira e passe a valorizar a região, se tu gosta de sair da tua região para conhecer lugares, aproveite este limão que o coroa vírus nos deu e faça a tua limonada, saia de carro no interior do teu município e conheça os cantos lindos e escondidos que ele tem.

E é com o assunto da maior manifestação cultural do povo gaúcho que volto e pedir a valorização da cultura regional, pode deixar aqui os comentários o link de seu artista favorito fazendo a live, do ctg num galpão virtual, ou qualquer outra manifestação cultural regional.

Só uma coisa, comentários criticado a cultura dos outros serão removidos, divulgue a sua e não critique a dos outros, e sem modinhas também, é regional, sem estrangerismo e modernismo.

Semana Farroupilha de Poa - MTG

25RT

sexta-feira, 17 de julho de 2020

Futebol do Interior - O mais antigo em atividade S. C. Rio Grande

    Como nossa pauta é saudar o regional, lugares, viagens e tradições, resolvemos falar do futebol e com foco no regional, o futebol do interior e raiz que também é cultura e vale a pena conhecer estes recantos épicos para quem gosta do esporte, você viajante que anda por aí, visite os estádios raiz e mande seus registro para nós.
    Hoje como inicio oficial do assunto futebol no blog, vamos começar pelo mais antigo em atividade, o Sport Club Rio Grande, o vovô da zona sul, que completa 120 anos agora dia 19. Antes de mostrar os dados e o texto que trás a história do clube, devemos salientar a riqueza do site do clube, onde temos acessos a diversas fotos antigas, do estádios e de times que marcaram época com a camisa tricolor. Acesse AQUI

Ficha do clube:
Sport Club Rio Grande
Rio Grande - RS
Mascote: Vovô
Fundação: 19/07/1900
Estádio: Arthur Lawson (5000 lugares), inaugurado 31/08/1985
Títulos:
Campeonato Gaúcho: 1936
Campeonato Gaúcho da Divisão de Acesso: 1962
Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão - Série B: 2014
Taça Centenário da Independência: 1922
Campeão do Interior: 1936 / 1941
Torneio da Morte do Campeonato Gaúcho: 1962
Campeonatos Citadinos: 1914 / 1919 / 1922 / 1923 / 1926 / 1934 / 1936 / 1941 / 1942 / 1944 / 1949 / 1951 / 1961 / 1962 / 1964 / 1965 / 2001

Atual Mascote do Sport Club Rio Grande, o 'Vovô do Futebol brasileiro'

Mascote oficial
LOGO SCRG - NOVO 03 - PNG.png
Escudo do clube


    E como homenagem, segue abaixo a história do clube, texto retirado do site do clube


    "Os primeiros movimentos que redundaram na fundação do clube, começam no final do século retrassado o Brasil tinha onze anos de república e seus portos se agitavam em comércio intenso com o exterior. A cidade de Rio Grande , berço da civilização Rio Grandense , estrategicamente situada no extremo meridional do Estado do Rio Grande do Sul , era enebrida por intensa atividade portuária e fabril. Falava-se em pé de igualdade, o Alemão , o Francês e o Inglês com a Língua Portuguesa. A Sociedade local, era cosmopolita e isto influência as artes, as letras e a cultura em modo geral. As maiores companhias teatrais da época, tinham passagem obrigatória em Rio Grande, oriundas do velho continente. Os clubes fechados , reuniam os nacionais de cada país. Surgiram clubes Alemães , Ingleses, como os tradicionais Clube do Comércio e Clube de Regatas Rio Grande.
    O "Sport" na Europa surgiria numa modalidade viril que vinha se tornando o encanto da juventude . Era o "Foot Ball" , disputa que exigia muita coragem dos competidores. A noticia chegou rápida, e nesse ambiente , um grupo de jovens de 20 a 25 anos, resolveram se reunir para organizar um Clube esportivo que viesse a difundir no solo Pátrio , a atraente modalidade. Foi quando o jovem alemão JOHANNES CHRISTIAN MORITZ MINNEMANN nascido em Hamburgo em 17 de julho de 1875, reuniu alemães , ingleses, portugueses e brasileiros, com o fito de fundar um Clube , nos escritórios da extinta firma THONSEN & Cia. , JOHANES MINNEMANN , além de fundador, foi orador , secretário, guarda esportes e atleta, e conseguiu projetar e realizar a fundação do SPORT CLUB RIO GRANDE. Ele estava a pouco tempo no Brasil e ainda dominava muito mal o vernáculo. Como secretário do grupo fundador, ajudou a redigir os documentos iniciais no mais puro alemão. Razão pela qual os registros da fundação do Clube estão escritos neste idioma , em caracteres góticos. O entusiasmo de Minnemman era contagiante.
    Assim programada a reunião inicial marcada para o dia 14 de Julho de 1900 , sábado , com inicio as 20:30 h, sendo escolhido o local da "Casa dos Atiradores" também conhecido pelo nome germânico de "Tiro Alemão". A convocação era também para um "match" , que seria realizada na mesma manhã , entre ás 9:00 e 10:30 h , com a participação das equipes A e B. Prova-se assim, com este documento oficial , que já se praticava o esporte bretão , nos campos da cidade do Rio Grande. Porém não foi ainda no dia 14 de Julho de 1900, a lavratura da ata de fundação. Foi marcada então nova data . Seria uma terça-feira , dia 17 de julho, na sede do Clube Germânia, no prédio situado a rua Benjamim Constant esquina Conde de Porto Alegre, atualmente mais recentemente conhecida como 'Sociedade Cruzeiro do Sul' , alteração sofrida em 1952, ao reabrir suas portas, fechadas com a eclosão da II Guerra Mundial em 1943 . O Clube Germânia, fundado em 1863, era á época , uma sociedade chamada fechada , privada a alta sociedade Alemã e aos seus familiares .
    Assim na noite de 17 de Julho de 1900 , houve um protesto de um dos associados, que não concordava com a concessão da Sede para realização de uma reunião que também congregava elementos de outras raças. Foi preciso um esforço intenso dos interessados de nacionalidade alemã para a realização da reunião no sentido de contornar o impasse, sendo finalmente a mesma sido realizada na quinta-feira, 19 DE JULHO DE 1900, no referido Clube Germânia, quando foi fundado o Sport Club Rio Grande. Dessa reunião existe até hoje o texto do discurso pronunciado por Johannes Minnemann, em língua alemã. Estavam presentes à reunião, os cidadãos de diversas nacionalidades, que assinaram a Ata de Fundação:
R. Schwamerkurg - R. Kladt - R. Dietiker - S. W. Robinson - M. E. Castro - R. Bernitt - O. Bernitt - N. Benz - E. Kunz - C. Nieckels - F. Reimar - H. Volkers - G. Kladt - M. Bornhorst - E. Lohmann - J.C.M. Minnermann - Walter Gerdau - Boje Schmidt - Arthur Cecil Lawson - William R. Ashlin - Henrique Buhle - O. Bernitt
    Johannes Minnemann provocou reuniões, entrou em campo mostrando que conhecia o futebol e suas regras já estabelecidas, de forma embrionária na Europa. Chamou a si a responsabilidade de expedir convites de "Matches" esportivos ou para Assembléias Gerais.
  Na noite da fundação pronunciou um brilhante discurso que foi ovancionado pelos presentes e quando ouviu as exclamações de apoio dos companheiros, visionou um futuro longo e feliz para o Clube que estavam fundando. Assim podemos destacar Johannes Minnemann como líder fundador do SPORT CLUB RIO GRANDE e seu organizador. Sua vida aqui, na Alemanha e em Portugal, sempre foi dedicada ao esporte em geral. Sua atividade profissional nunca sofreu prejuízos por esta predileção. Minnemmann casou-se na cidade de Rio Grande, com a professora Adélia Marques e teve dois filhos nascido no Brasil. Quando deixou o País forçado por suas atividades profissionais, já era testemunha do crescimento do futebol entre nós.
    Arthur Cecil Lawson foi um dos precursores da fundação do Sport Club Rio Grande, cuja família até hoje continua vivendo o clube, através de seus descendentes. Nasceu na cidade do Rio Grande em 12 de fevereiro de 1880. Era filho do comerciante inglês George Wilcox Lawson e da Dona Gertrudes Araujo Lawson, esta filha do Barão de São José do Norte. Aos 12 anos é enviado para Inglaterra com o propósito de completar seus estudos. Na Europa tomou gosto pelo futebol e se tornou um hábil goleiro.     No início de 1900 Arthur Lawson voltou para Rio Grande com um diploma de Engenharia Civil, farto material esportivo e o desejo de implantar o futebol em sua terra natal. Teve como seu primeiro aliado nessa empreitada seu amigo de infância Henrique Buhle. Logo os dois se deram conta que a idéia de fundar um Clube de futebol somente daria frutos se contasse com o apoio da colônia alemã residente na cidade do Rio Grande.
    Rudolf Dieticker, foi eleito o primeiro presidente do Sport Club Rio Grande e a Arthur Lawson eventualmente coube o cargo de Guarda-esporte, que hoje seria o de Diretor Esportivo. Também era goleiro e capitão da equipe de futebol.
    Com a ajuda dos companheiros, Arthur Lawson implementou um plano de excursionar pelo Estado fazendo exibições de futebol com intuito de incentivar a criação de novos Clubes. De 1902 a 1903, vê-se uma série de hoje lendárias excursões que levaram o time de futebol do Sport Club Rio Grande a Pelotas, Bagé e Porto Alegre. Estas apresentações deram origem a diversos Clubes, dentre eles o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.
    Foi nessa época que Arthur Lawson propôs que o Clube adotasse como suas cores, as do Pavilhão Rio-grandense (verde, vermelho e amarelo) por ser o Primeiro Clube de futebol do Rio Grande do Sul. Com o propósito de dotar o Clube da estrutura necessária à prática esportiva, participou da construção de um dos primeiros Estádios de futebol do Brasil, o antigo Estádio das Oliveiras, erguido do cemitério católico de Rio Grande. Este campo foi reduto do S.C. Rio Grande durante mais de 75 anos. Para garantir a formação das futuras gerações de futebolistas, criou em 1906 a primeira escolinha de futebol de que se tem notícias em terras gaúchas, chamando seus meninos de "filhotes".
    Johannes Minnemann já havia retornado para Europa, quando em 1908 muitos dos sócios alemães, descontentes com a entrada crescente de brasileiros ao Quadro Social, resolveram pedir demissão. Eles mais tarde fundariam o Football Club Rio-Grandense. Nesse mesmo ano Arthur Lawson é eleito presidente do Clube. Ficaria 10 anos no cargo. Medidas enérgicas são tomadas para superar a crise provocada pela saída de boa parte dos sócios de nacionalidade alemã.
    Junto ao campo de futebol são construídas quadras de tênis e pista de patinação para proporcionar lazer aos associados. É criado o "Chá Tênis" para atrair as damas da sociedade e o número de sócios cresce. O Rio Grande passa a convidar equipes estrangeiras de destaque para jogarem em seu campo. Recebe as visitas do "Estudiantes de Buenos Aires" (1909) e da "Seleção Uruguaia" (1911). Arthur Lawson resolve trocar o distintivo clubístico em forma de escudo para adotar um em forma de bola que perdura até os dias de hoje. Superada a crise, Arthur Lawson começa a perseguir seu grande sonho, que é a criação de uma entidade que congregasse todos os Clubes de futebol do Estado com a finalidade de organizar campeonatos e zelar pelo desenvolvimento do esporte.
  Durante anos conversou com dirigentes e desportistas para que o projeto de um órgão diretivo ganhasse adeptos. Em 1918 se realizou este sonho com a fundação da Liga Rio-grandense de Futebol hoje Federação Gaúcha de Futebol. O primeiro campeonato seria jogado em 1919. Após deixar a presidência, Arthur Lawson manteve-se na ativa exercendo cargos da Diretoria e no Conselho Deliberativo. Uma das maiores alegrias da sua vida foi ver o Clube que ajudara a fundar conquistar o Campeonato Gaúcho de 1936. Morreu na cidade de Porto Alegre em 1946, aos 66 anos. Felizmente, não foi esquecido pela sua cidade natal. Seu nome foi dado ao Estádio do Sport Club Rio Grande e a uma rua no local onde em tempos longínquos ele participara dos primeiros jogos de futebol do Rio Grande do Sul.
    Em 12 de julho de 1901, foi realizado uma Assembléia Geral, ficando na ocasião estabelecido, que as cores do clube seriam as mesmas da Bandeira Rio-grandense: verde, vermelho e amarelo. Diga-se de passagem, que a história do futebol está intimamente a pessoa de Charles Miller, nascido em São Paulo, em 24 de Outubro de 1874. Estudou no Reino Unido, retornando ao Brasil em 18 de Fevereiro de 1894. Foi neste ano que introduziu a prática do futebol no seu clube, São Paulo ATHLETIC CLUB, que tinha como principal atração o "Cricket".

Os pioneiros do futebol nacional - que em breve estarão no nosso blog

1894 - São Paulo Athletic Club - São Paulo (Clube de "cricket" onde CHARLES MILLER, um de seus sócios, introduziu o futebol no Estado de São Paulo. O Clube fechou o futebol no início do século, voltando às atividades sociais e esportivas, para as quais foi fundado).
1898 - A.A. Mackenzie College - São Paulo (departamento de futebol extinto).
1899 - Sport Club Internacional - São Paulo (extinto).
1899 - S.C. Germânia - São Paulo (departamento de futebol extinto).
1900 - Sport Club Rio Grande - Rio Grande/RS (Clube de Futebol Mais Antigo em Atividade inimterrupta, fundado em 19/07/1900).
1900 - Associação Atlética Ponte Preta - Campinas/SP (fundado em 11/08/1900).
1902 - 14 de Julho - Santana do Livramento/RS (fundado em 14/07/1902).
1902 - Fluminense Foot Ball Club - Rio Janeiro/RJ (fundado em 21/07/1900).
1903 - Esporte Clube Vitória - Salvador/BA (fundado em 13/09/1903).
1903 - Grêmio Foot Ball Porto Alegrense - Porto Alegre/RS (fundado em 15/09/1903).

    Curiosamente dos Precursores, restaram como Mais Antigo, o nosso SPORT CLUB RIO GRANDE de 19/07/1900 e como segundo mais antigo a Ponte Preta, fundada em Agosto do mesmo ano. Os demais foram tragados pelo tempo ou retornaram a suas atividades esportivas iniciais, embora tenham sido fundados anteriormente.

Os 10 Clubes de futebol 'Mais Antigos' do Brasil.

    A primeira partida contra equipes externas, foi no ano da fundação, contra os marinheiros do navio inglês "NYMPH" que visitava a cidade. Terminou em empate de 2 a 2 . Na época, o SPORT CLUB RIO GRANDE, possuía duas equipes, "A" e "B".

* TIME "A": Artur Lawson, Barthgen, A. Kladt, Schimidt, Bonhorst, Buhle, Poock, Trail, Robinson, Minnemmann e Legeren

* TIME "B": G. Kladt, R. Bernitt, Stewart, Benz, Dietiker, R. Kladt, Gerdau, Darlsy, Volckers, Ernst e Castro.
    A partir daí, passou a fazer diversas apresentações pelo estado do Rio Grande do Sul. Em 1901 lançou o futebol em Pelotas/RS, 1903 em Porto Alegre, em festividade memorável para os porto-alegrenses. Em 1906 foi fazer a sua demonstração na cidade de Bagé/RS. Foi ainda o primeiro clube brasileiro, a realizar uma partida internacional, em 1910 contra o Clube Atlético Estudiantes, da Argentina e em 1911 contra a Seleção Uruguaia. Em 1912 contra o "scratch" Paulista. Em 1919, contra a Seleção Argentina.

ALGUNS FATOS E ACONTECIMENTOS MARCANTES NA HISTÓRIA:
    Em 1900: No mesmo ano em que foi fundado, o Sport Clube Rio Grande fez seu primeiro jogo oficial. No dia 7 de Outubro de 1900, os "Scratch" A e B do Clube se enfrentaram em um campo, localizado atrás do cemitério católico.
    Em 1904: o Sport Club Rio Grande adquiriu o seu campo no Boulevard Buarque de Macedo. Este campo foi comprado pela importância de Cr$ 1.200,00 (mil e duzentos). Até então, as partidas eram disputadas no local onde existiam as oficinas da Viação Férrea, na cidade marítima.
    Em 23 de Outubro de 1968, o Interventor federal Gen. Armando Cattani, por Lei Orgânica 1979 art. 62, denomina "VETERANO S. C. RIO GRANDE", travessa da vila São Paulo e o considera de utilidade pública.
    Em 22 de julho de 1975, o Almirante Heleno Nunes enviou o Ofício nº PRE(SAD) 7111, confirmado pelo Ofício PRE(SAD) 7281, com o seguinte teor: "Em adiantamento ao nosso Ofício 7111 de 22 do corrente, informamos V.S. ter sido anotado, nos registros da Confederação Brasileira de Desportos, que o Sport Club Rio Grande é o clube de futebol mais antigo do Brasil.
    Por outro lado, comunicamos que foram arquivados todos os documentos enviados por V.S. comprovando o fato."
    Em 28 de Julho de 1975, a Extinta Confederação Brasileira de Desportos (CBD), sucedida pela atual CBF, envia Oficio Pré (SAD) nº 7281, informando que o clube foi anotado como clube de futebol MAIS ANTIGO DO BRASIL, assinado pelo Pres. Heleno de Barros Nunes e Pres. Do S. C. Rio Grande Jorge Numa.
    Oficio Pré (SAD) nº 7281 - Emitido pela Confederação Brasileira de Desportos CBD
    Em 1976 : Lei 7022 de 10 de Novembro, por iniciativa do então Deputado Estadual Adolpho Pugina, considerando o Dia 19 de Julho, o "Dia do Futebol Gaúcho". O citado projeto foi assinado pelo presidente da Assembléia Legislativa Deputado João Carlos Castal.
    Em 1978 : Aquisição da gleba de 25 ha. 3750 metros quadrados, situada na Vieira, seis quilômetros da cidade, onde hoje está implantado o Centro Esportivo Dênis W. Lawson. A referida compra foi viabilizada, através de empréstimo junto a Caixa Econômica Federal, resgatado totalmente em Maio de 1979.
    Em 24 de Setembro de 1992, é criada a Fundação Sócio Cultural Esportiva do Rio Grande - FUNSERG a qual a partir desta data fica responsável por todo patrimônio do SCRG incluindo principalmente os imóveis da Av. Itália e Gal. Bacelar e prédio da Sociedade Germânia, esta última por razões históricas.
    Em 2000, como homenagem ao centenário do Clube, o Sport Club Rio Grande foi convidado pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) para participar da 1ª Divisão Gaúcha, do ano 2000. Esse campeonato recebeu o nome de “Copa Sport Club Rio Grande – Um Século de Futebol”. Jogou a 1ª Fase no Grupo 1, junto com Esportivo, Caxias, São José-POA, Veranópolis, Pelotas e Inter-SM. Acabou na 5º colocação, com 12 pontos em 12 jogos. Pela campanha, não seria rebaixado, mas voltou para Segunda Divisão por ter sido apenas convidado. Naquele mesmo ano, acabou também jogando a Segunda Divisão (pois essa começou meses depois). Além do convite para disputar o Gauchão, o Vovô Rio Grande realizou um jogo festivo para comemorar os '100 Anos', recebendo no Estádio Colosso do Trevo (Estádio do coirmão Football Club Rio-Grandense) o Fluminense Football Club, do Rio de Janeiro. O embate entre tricolores acabou em vitória do "scratch" carioca, por 1 a 0 .
    Em 2000: O Memorial Johannes Christian Moritz Minnemann surgiu no mesmo ano do centenário do Clube. Foi idealizado por Helena Portella, conselheira do Clube, e de lá para cá vem trabalhando incessantemente na preservação do material histórico encontrado. Dentre esse material, destaca-se o acervo de fotos, com datas desde 1900, bem como documentos, jornais, flâmulas, taças, entre outros.Os documentos encontram-se em fase de organização e recuperação, e podem ser conferidos por quem visita o espaço do Memorial. No Memorial do clube, têm-se catalogados, um pouco da história do esporte mais popular do País: 3700 registros de jornais; 1700 documentos históricos; 1230 fotos; 270 taças e troféus; 51 fitas de vídeo; 48 placas; 4 bolas; 15 medalhas; 47 flâmulas e 24 diplomas.
    Em 2009: Foi criado o atual e oficial mascote do Clube 'Mais Antigo' do futebol brasileiro, pelo talentoso chargista e jornalista ilustrador Lorde Lobo, adepto torcedor do Vovô, natural da cidade do Rio Grande/RS, onde mora até hoje.
    Em 16 de Agosto de 2009, foi inaugurado o Sistema de Iluminação do Estádio Arthur Lawson, acontecimento histórico que fazia parte da Programação de Festividades em comemoração aos '109 Anos' de fundação do Sport Club Rio Grande, ato de relevante importância na História do Clube, feito que coroou as competentes gestões, de 2007/2008 e 2009/2010, pela Direção do Clube, no então mandato do Presidente Alexandre Lindenmeyer. Na mesma data, após grandioso Ato Cerimonial, foi disputada a partida inaugural do Sistema de Iluminação, jogo que marcou a estréia do Veterano Rio Grande na Copa Arthur Dallegrave, competição oficial organizada pela Federação Gaúcha de Futebol, realizada no segundo semestre da temporada, o adversário foi o Sport Club Internacional, que em partida movimentada e muito disputada, contando com maciça presença de adeptos torcedores do tricolor Veterano, terminou em vitória de um a zero, a favor do visitante.
    Em 11 de Janeiro de 2011, data que marcou a colocação do primeiro bloco da construção da nova arquibancada do Estádio Arthur Lawson, construída com o formato de uma ferradura, a nova arquibancada acrescentou mais 1.800 (mil e oitocentos) lugares no Estádio, que são utilizados e divididos, entre os torcedores visitantes e os adeptos tricolores. Também foi construída a tela de proteção em toda extensão da arquibancada, com a distância normatizada e exigida pelo Corpo de Bombeiros. Ao todo são 7 (sete) módulos de arquibancada, com 6 (seis) degraus, totalizando 120 metros de comprimento. A obra apresentou o custo total de R$ 125 mil (cento e vinte cinco mil) e está localizada de fundos para o condomínio Waldemar Duarte. Obra concretizada na gestão do então Presidente Luiz França.
    Em 2014: O Sport Club Rio Grande garantiu uma marca histórica no futebol gaúcho, com o título da Série B do Gauchão e é, juntamente com o Guarany Futebol Clube, da cidade de Bagé/RS, um dos únicos clubes do Rio Grande do Sul a conquistar o título de todas as Divisões estaduais, triunfando na Primeira Divisão em 1936, a Segunda Divisão em 1962 e a Terceira Divisão em 2014.

    Atletas Riograndinos destaques que passaram pelo Clube:
Fruto : Atleta símbolo do Clube.
Scala e Neca - Ambos integrantes da Seleção Brasileira.
Alcindo Martha de Freitas (O Alcindo) -  Seleção Brasileira / 66.
Toquinho, oriundo das categorias inferiores, brilhou no futebol paulista, Portuguesa de Desportos.

    Personalidades Riograndinas ilustres ligadas ao Clube:

Renato Marsiglia, árbitro brasileiro da FIFA, atualmente atua como comunicador esportivo. Apitou o mundial de 1994, nascido na cidade do Rio Grande/RS, adepto e associado do Clube.

Jaime Copstein - Atuou como Jornalista da Rádio Gaúcha/POA."

Fonte: texto e imagens no site do clube - https://www.scriogrande.com/

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Viagens e Roteiros - Gramado

Buenas entreverados, para mim um dos lugares mais belos do Brasil, Gramado  na serra gaúcha, segue um apanhado de fotos de inúmeras visitas que fizemos na cidade, se for a Gramado obrigatoriamente devemos ir a canela.

Gramadoé uma cidade com muitas atrações, museus, parques, restaurantes e arquitetura sem igual. Segue as fotos de alguns pontos turísticos.

Lago Negro A origem do nome LAGO NEGRO está ligada ao seu idealizador, Leopoldo Rosenfeld, que na década de 30, tornou-se responsável pela administração do patrimônio dos herdeiros da baronesa Joaquina Rita Bier, proprietários das terras. Relata a historiografia da cidade, que no início da década de 40, ocorreu nas proximidades, um incêndio destruindo boa parte da vegetação nativa. Sem outros recursos para evitar a propagação das chamas, Rosenfeld promoveu a abertura de uma vala, o que mais tarde veio a se transformar no lago. Existem duas fontes históricas sobre o nome; uma delas está ligada a proveniência das primeiras mudas das árvores - Floresta Negra, Alemanha - que foram plantadas no local e a outra está ligada a negritude das águas.

Foto: Rodrigo Silva


Igreja São Pedro - Catedral de Gramado: Inaugurada em 1942, é uma das maiores demonstrações de religiosidade da comunidade. A estrutura montada em pedra basáltica exibe arte nos vitrais com imagens sacras e em perfeita harmonia arquitetônica. A torre, de 46 m de altura, inspira uma prece a São Pedro, o padroeiro. Fonte: http://www.gramado.rs.gov.br/


Foto: Rodrigo Silva

Pórtico da entrada de Gramado:

Foto: Rodrigo Silva
Pórtico de entrada em Gramado

Vista do mirante na estrada entre Gramado e Canela:

Foto: Rodrigo Silva
Vista do mirante na estrada Gramado/Canela

Famoso termômetro de Gramado: Localizado no centro, é bastante fotografado no inverno, onde, as temperaturas chegam abaixo de zero.

Foto: Rodrigo Silva

Ônibus antigo para passeio:

Foto: Rodrigo Silva
Museu Mundo a Vapor: Museu com miniaturas que funcionam a vapor, local cheio de magia e animação, mini fábricas e muito movimento que encantam adultos e crianças.
Foto: Rodrigo Silva
Fachada Mundo a Vapor

Foto: Rodrigo Silva
Detalhe da locomotiva

Foto: Rodrigo Silva
Fachada Mundo a Vapor
Foto: Rodrigo Silva
Interior mundo a vapor


Palácio dos Festivais: local onde é a escolha do Oscar, um dos principais festivais de cinema no Brasil.


Mini Mundo: lindo lugar, em um universo em miniatura, lá encontramos trens, aviões e réplicas de lugares.










Museu Hollywood Dream Cars: Uma coletânea de carros clássicos, realmente um sonho

domingo, 21 de junho de 2020

Futebol - Vamos estrear esse assunto aqui no blog

Para quem me conhece, sabe meu apreço ao futebol raiz, do volante número 5 tradicional, o cara da botinada e do futebol do interior que sempre acompanho, inclusive as divisões inferiores e depois de certos acontecimentos políticos que podem ameaçar a existência desses clubes, resolvi escrever aqui sobre o futebol do interior, o regional que sempre é nosso foco, regionalidade.

Nisso, vamos apresentar para quem não conhece histórias que só acontecem lá, suas divisões e quem são estes clubes, os melhores esquadrões do interior e como sempre com total PARCIALIDADE, sim parcialidade, pois, somos regionais e sempre o regional será melhor, então aqui o time pequeno do interior ou região será sempre a estrela principal e melhor que Barcelona, Real Madrid e qualquer outro europeu.

Vamos tentar utilizar um pouco de humor, já que estamos passando por um momento delicado e um pouco de distração faz bem para a alma. Nosso foco aqui no blog é o regional e sempre fomos para o lado da cultura gaúcha. Ultimamente resolvemos nos estender para as viagens, considera-se também campismo e expedição por justamente gostar do assunto e agora para seguir diversificando nossa gama de variedades em entretenimento, vamos falar de futebol, sem brigas, sem rixas e sim mostrar o lado que ninguém da muita atenção, os clubes do interior.

Agora nossa dedicação será mais aqui para o sul do Brasil pela proximidade de nossa morada, mas, quem quiser mandar fotos do time de sua cidade, da terceira divisão do campeonato estadual de seu estado, com certeza será bem vindo, e melhor ainda se o time não for tão conhecido assim. Só não me venham com os grandes das capitais.

Por que mostrar este lado do futebol num blog de cultura regional e viagens? Tem tudo a ver com isso, um clube do interior, pequeno, nada badalado faz parte da cidade, o contato é direto, portanto, é a cultura da cidade. E as viagens? Sim, tem a ver também, principalmente para quem conheceu algum estádio dos maiores e comparar as diferentes realidades, ver a diferença da arquibancada imponente contra o muro na lateral do campo, e atiçar a curiosidade para quando for visitar uma cidade do interior prestigiar seu clube também e de lambuja mandar a foto para nós.

Curta nossa página FUTEBOL DO INTERIOR E RAIZ e nossa página do blog Entrevero - Cultura regional e viagens

Então está aí nosso motivo em querer falar de futebol, incentivar e mostrar que o melhor futebol está no mais encardido rincão, num campo cheio de roseta e com jogador tomando rasante de quero quero, com um torcedor folclórico no alambrado tacando um bafo no cangote.

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Litoral norte catarinense

Buenas entreverados, estamos aqui para apresentar para quem não conhece, matar a saudade de quem conhece e encher de orgulho quem é do local, o litoral norte de Santa Catarina. Vamos falar apenas dos lugares que passamos e conhecemos, certamente faltará praias e lugares que devem ser visitados, mas, que infelizmente não tivemos a oportunidade.
Certamente, o local que temos mais informações é Barra Velha, fizemos alguns veraneios lá e conhecemos bem as praias, e apartir dali fizemos esticadas a São Francisco do Sul, Balneário Piçarras e Balneário de Penha.
Começando pelo norte, São Francisco do Sul, visitamos a Praia da Enseada e o centro histórico, apesar de um acesso demorado, devido à única estrada de acesso. Praia de águas calmas e quentes, lugar bom para a família que vale a pena conferir.
Como ficamos em Barra Velha, temos sempre como ponto de partida, dali, foram várias esticadas as praias do sul, Grant, Itajuba entre outras. Balneário Piçarras e Penha mais abaixo.
Abaixo algumas fotos dos caminhos percorridos, assim que encontrarmos mais fotos, serão atualizadas aqui.

Penha
Piçarras


Piçarras


Barra Velha

Barra Velha - Praia central
Cristo de Barra Velha


Chimarrão em Itajuba - Barra Velha

sábado, 9 de maio de 2020

Quando a quarentena passar?

Quarentena, hoje a palavra do momento é esta. E o que estamos aprendendo sobre este isolamento, qual a lição que vai ficar disso tudo.
As boas notícias que vem são principalmente a diminuição da poluição, vemos os canais de Veneza com água limpa, os ares das capitais poluídas mais respiráveis, praias mais limpas, consumismo em baixa, trânsito mais calmo e diminuição dos índices de criminalidade. Depois de citar tudo isso, a questão é a seguinte: vamos seguir com os cuidados posteriores a tudo isso?
O ideal é que usássemos a quarentena para tentar transformar o ambiente em que vivemos, seguir com os cuidados que estamos tendo hoje, e com as precauções com o meio em que vivemos, devemos consumir com consciência, evitar o descarte de lixo em praias e locais públicos. Se até a camada de ozônio se fechou, por que não vamos ter a capacidade de mudar. Já pensou que ao invés de consumir um bem material você pode viajar ou fazer uma refeição em restaurante temático?
Nunca ouviu a frase viajar é bom, mas, melhor é retornar para a casa. Pois é, com isso temos que valorizar as regiões do mundo, buscar novas perspectivas e experiências com companhias agradáveis, seja família, amigos ou até mesmo desconhecidos que são pessoas legais. Vamos buscar o mundo sem deixar o regional, vamos rumar para vários locais respeitando as individualidades locais, pois, é esta cultura e o local deles que o turista vai buscar.
Uma dica de quem ama a própria cultura, seja você gaúcho, nordestino, do centro ou do norte do Brasil, de qualquer lugar do mundo, viva primeiro a sua regionalidade, agora neste período de reflexão, estude o que há ao teu redor, teu município, região, estado e país. Viva tua cultura e depois mergulhe em outras culturas.
Depois que isso tudo passar não sabe onde vai, clica no link abaixo, quem sabe tu não te inspira.












sábado, 11 de abril de 2020

Contato com a natureza no Salto Ventoso - Farroupilha

Entrar em contato com a natureza é o desejo de muitas pessoas e um bom local para visitação na serra gaúcha para quando encerrar a quarentena é o parque do Salto Ventoso, cascata de 56 metros, a apenas 12km do centro da cidade de Farroupilha. O parque também oferece ruínas de uma mansão, trilhas, uma passarela que dá acesso a parte de trás da queda d’água, mirantes com lindas vistas, uma pinguela que atravessa o rio e ainda disponibiliza serviços especializados do parque, como rapel, um restaurante e aluguel de churrasqueiras. Durante nossa visita, chegamos apenas na parte de fora do parque, pelo mirante na beira da estrada, devido ao horário tardio de chegada. O valor de entrada é acessível, no site hoje indica R$ 10,00 inteira e R$ 2,00 até 5 anos.

Segundo informações no site do parque, essa área "que, antes da colonização por imigrantes europeus, era habitada pelo povo indígena Caingangue. Conta a história, que os colonizadores tiveram o primeiro contato com o Salto Ventoso por volta de 1868, por conta de uma expedição em busca de imigrantes sequestrados pelos índios. O parque também abriga ruínas da residência Aguiar, uma casa imponente construída nos anos de 1950. Atualmente, o parque é um dos principais atrativos turísticos de Farroupilha, proporcionando momentos de contato com a natureza, experiências em ecoturismo e atividades de aventura. Recentemente, o local recebeu melhorias em infraestrutura, com a instalação de mirante, passarela na parte inferior da cascata, sinalização e pavimentação de trilhas."

Em breve traremos mais fotos do interior do parque e de sua estrutura para o turista.







quinta-feira, 19 de março de 2020

A ameça Coronavírus

Buenas a todos, infelizmente o mundo está assolado por esta ameaça chamada Coronavírus, e é de grande importância respeitar as recomendações médicas e as recomendações das autoridades públicas. É de extrema importância ficar em casa e evitar a exposição dos grupos de risco e com isso vamos tentar alimentar um pouco mais nosso blog, aumentando o leque de conteúdo e trazendo repost's para esse período complicado.

Aqui embaixo já disponibilizamos um link com as poesias gaúchas postadas no blog enquanto ainda éramos dedicado exclusivamente a cultura gaúcha, clique aqui:

Lembre-se nossa vida é mais importante que tudo.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Festivais Nativistas - Resultados de Janeiro

Como já é de praxe no nosso blog, o espaço para os festivais nativistas, voltamos a trazer sempre no início do mês os resultados do mês que passou. Sempre consultando o site Ronda dos Festivais que para nós é uma referência sempre.

2º QUERÊNCIA VERSO E TRADIÇÃO - GRAMADO/RS

Aconteceu nos dias 24 e 25 de janeiro, os participantes conheceram à noite, o tema sobre o qual deveriam criar letras, construir melodias, elaborarem arranjos e  apresentá-las no sábado, 25/01.
Também na madrugada do dia  25,  foi realizado um pequeno torneio de truco entre os participantes.

O tema oficial do 2º Querência do Verso e Tradiçlão foi : ALAMBRADO/ALAMBRADOR
Justificatica: Este festival nasceu campeiro e sempre prezou pela arte na sua essência mais gaúcha. Nestes dias de festival, um alambrado se erguia próximo aos acampamentos em meio ao campo. Que seja essa a inspiração contemplando essa cena tão comum e tão rica para tantos temas já conhecidos.

Confira os vencedores:

POESIA
1º Lugar: Cerca da Vida
Autores: Dirceu Oliveira/Jeferson Lodea
Declamador: Júlio César Oliveira

2º Lugar: Campo Aberto
Autor: Paulo Vargas
Declamador: Paulo Vargas

Melhor Declamador: Paulo Vargas
Melhor Músico no Costado: Alexandre Oliveira

MÚSICAS
1º Lugar: O Sonho do Vivente
Autor: Alexandre Oliveira/Paulo Vargas
Interpretação: Alexandre Oliveira

2º Lugar: Sina do Alambrado
Autores: Antônio Fontoura/Daniel Almeida
Interpretação: Antônio Fontoura

3º Lugar: Folga do Alambrador
Autores: Jonatas Roos/Bruno Rauber/Luís Dallastra
Interpretação:

Melhor Melodia: Sina do Alambrado - Antônio Fontoura e Daniel Almeida
Melhor Instrumentista: Daniel Almeida
Melhor Intérprete: Antônio Fontoura
Melhor Letra: O Sonho do Vivente - Paulo Vargas
Melhor Arranjo: Sina do Alambrado
Música Campeira: Folga do Alambrador
Autores: Jonatas Roos/Bruno Rauber/Luis Dallstra
Mais Popular:  Alan Brador
Autores: Dirceu Oliveira/Jeferson Lodéa
Destaque do Festival: Bruno Rauber

TRUCO:
1º Lugar: Paulo Severo e Julio César Oliveira
2º Lugar: Léo de Abreu e Jonatas Roos